Caraguatatuba

Caraguatatuba encaminha ofício ao Estado pedindo restrição de veículos em estradas que dão acesso ao Litoral Norte

Caraguatatuba encaminha ofício ao Estado pedindo restrição de veículos em estradas que dão acesso ao Litoral Norte

O prefeito de Caraguatatuba, Aguilar Junior, encaminhou um ofício ao Governo do Estado de São Paulo pedindo apoio das autoridades estaduais para conter a circulação de veículos nas estradas que dão acesso ao Litoral Norte.

De acordo com Prefeitura de São Paulo, com a antecipação dos feriados não haverá dia útil na cidade entre 26 de março e 4 de abril (10 dias).

Porém, a preocupação é que com os adiantamentos de cinco feriados municipais na cidade de São Paulo, haja migração de pessoas da capital para Caraguatatuba e o Litoral Norte.

“Nossas autoridades municipais estão prevendo uma intensa movimentação de pessoas a partir do dia 26 de março com o início dos feriados em São Paulo. O município de Caraguatatuba é uma estância turística inserida numa região litorânea e tem apresentado elevadas temperaturas nos últimos meses e, como consequência, vem atraindo turistas das mais diversas regiões do país”, cita o município no documento.

Nesta sexta-feira (19), o Governo do Estado suspendeu a operação descida do Sistema Anchieta-Imigrantes com o objetivo de desestimular o fluxo de veículos para as cidades da Baixada Santista. Caraguatatuba pede medida semelhante para conter a circulação de veículos nas estradas que dão acesso ao Litoral Norte.

Segundo o prefeito de Caraguatatuba, Aguilar Junior, medidas serão necessárias e urgentes para conter a migração de pessoas para a região.

“A decisão de São Paulo provocará, naturalmente, a migração de pessoas ao Litoral Norte e, consequentemente, o alto risco de contágio pela Covid-19. Nossas estruturas em hospitais estão com taxa de ocupação alta. Por isso, pedimos medidas restritivas nas rodovias. Além disso, reforçamos para que as pessoas tenham consciência e fiquem em casa neste momento”.

Medidas Municipais

De acordo com o decreto municipal vigente, está proibido o estacionamento de veículos na orla marítima. O acesso aos pontos turísticos da cidade fica restrito, cabendo à Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana e Proteção ao Cidadão realizar a sua sinalização e fiscalização.

Está vedada a reunião, concentração ou permanência de pessoas nos espaços públicos, em especial, nas praias e parques. Também ficam proibidas as instalações de cadeiras, mesas, guarda-sóis, tendas e similares, bem como caixas de som e itens de permanência.

A fiscalização em praias está a cargo da Polícia Militar do Estado de São Paulo. A Prefeitura de Caraguatatuba está com faixas e banners espalhados pela cidade e utiliza um caminhão de som para conscientizar as pessoas a não utilizar as praias.

Números

De acordo com o boletim epidemiológico divulgado nesta sexta-feira (19/03) pela Secretaria de Saúde de Caraguatatuba, a cidade chegou a 10.636 casos confirmados da doença, com 226 óbitos. A taxa de ocupação dos leitos de UTI do município está em 92%, enquanto enfermaria chega a 49%.

Qual sua reação?

Animado
0
Feliz
0
Apaixonado
0
Incerto
0
Bobo
0

Você pode gostar

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *